Convites e Eventos





http://www.wwc2017.eventos.dype.com.br/?lang=pt-br





docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfmqWv_GVVuyDtcAw4LfzKzpNvSkTlgSJgPmTb8DHyBd18a4w/viewform?c=0&w=1




http://www.encontro2017.abrapso.org.br/conteudo/view?ID_CONTEUDO=413








Lançamento do Livro "Educação para as Relações de Gênero: eventos de letramento na escola"

Dia 18 de maio de 2017 na PUC Minas














O Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFMG e o Programa de Pós-Graduação em Psicologia da PUC Minas irão realizar o I Simpósio Internacional Subjetividade e Cultura Digital, que terá como tema central “O Corpo e a Virtualidade”, nos dias 7, 8 e 9 de março de 2017, na UFMG.

O Simpósio reunirá pesquisadores nacionais e internacionais de diferentes campos do saber, com o intuito de proporcionar um espaço de diálogo interdisciplinar acerca dos impactos da cultura digital para as subjetividades de nossa época, com enfoque especial sobre o corpo.

O Simpósio contará com a participação especial de David Le Breton e Cristina Ponte. David Le Breton é Professor de Sociologia e Antropologia na Universidade de Strasbourg, na França. É autor de uma série de obras sobre o corpo, traduzidas para várias línguas em todo o mundo. Cristina Ponte é Professora na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, autora de diversos livros, e coordenadora, em Portugal, da rede de pesquisa Global Kids Online, que reúne pesquisadores de 33 países de todo o mundo e investiga as experiências on-line de crianças e jovens.


Maiores informações no link:

https://www.sympla.com.br/i-simposio-internacional-subjetividade-e-cultura-digital__106857











LINK: http://www.ces.uc.pt/destaques/index.php?id=13876&id_lingua=1



Abertura do evento na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra/Portugal
Profª Drª Gloria Wekker - Universidade de Utreque/Holanda



Comunicação Oral: "A Casa de Banho como uma tecnologia de gênero regulatória para corpos trans"
Recorte da Tese de Doutoramento em Psicologia defendida em abril de 2016 na PUC Minas

Autoria: Prof. Dr. Cláudio Eduardo Resende Alves
Orientação: Profª Drª Maria Ignez Costa Moreira - PUC Minas
Coorientação: Profª Drª Ana Cristina Santos - CES - Universidade de Coimbra








II SEMINÁRIO NACIONAL AFIRMAÇÃO DAS DIVERSIDADES:
RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS, GÊNERO, JUVENTUDES E INCLUSÃO DE PNE'S NA SOCIEDADE BRASILEIRA

Belo Horizonte – CEFET-MG – Campus I
28,29 e 30 de setembro de 201






















LINK de acesso: http://www.narrativas-genero-politica.org/




LINK de acesso: https://www.linkedin.com/pulse/mais-al%C3%A9m-do-g%C3%AAnero-o-corpo-adolescente-e-seus-sintomas-vidigal





 LINK de acesso: http://11coloquiolepsi.ufop.br/programacao/






LINK de acesso: http://congressoabeh2016.wix.com/ufjf#!blank/c10d6



LINK de acesso à nova edição da Revista QUADERNS DE PSICOLOGIA 2016

http://www.quadernsdepsicologia.cat/issue/view/86









































Seminário “Travestis, Transexuais e Transgêneros: o nome (social) trans como dispositivo de identificação de gênero” 
por Claudio Eduardo Resende Alves (PUC Minas/GPFEM)

Data: 20 de maio de 2015
Horário:15h00
Local: Sala 2, CES - Universidade de Coimbra/Portugal



O presente seminário propõe uma reflexão epistemológica sobre identidade, sexualidade, corpo e nome de sujeitos trans a partir dos estudos pós estruturalistas de gênero.













O Núcleo de Gênero e Diversidade Sexual participou do 2º 

Ciclo de Debates do GPFEM - Grupo Interdisciplinar de

Pesquisa Feministas com o Mini Curso "Educação para as

Relações de Gênero", onde apresentou os avanços das

políticas públicas da Prefeitura de Belo Horizonte nesse tema.

É uma parceria profícua que tem apresentado muitos frutos 

expectativas de colaboração futuras. Realça a importância

do diálogo academia - poder público.









LINK para visualização das Diretrizes da Educação para as Relações de Gênero:

http://issuu.com/nugds/docs/diretrizesdegenero_arquivocompleto_




Naquinta-feira, 29/01, data em que é celebrado o Dia da Visibilidade Trans, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio do Centro de Referência pelos Direitos Humanos e Cidadania de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais, vinculado à Coordenadoria Municipal de Direitos Humanos da Secretaria Municipal Adjunta de Direitos de Cidadania e Coordenadoria de Direitos Humanos, lançará o Programa BH Sem Homofobia, com a assinatura do decreto que o institui pelo prefeito Marcio Lacerda. O Programa BH sem Homofobia objetiva contribuir por meio de ações que visam o combate à violência e discriminação homofóbica, no município de Belo Horizonte, baseado em quatro eixos estruturantes: atendimento psicossocial, formação e educação em direitos humanos, articulação de políticas na perspectiva intersetorial e apoio às ações do movimento LGBT, contemplando ações intersetoriais, que envolvem toda a rede municipal de Belo Horizonte, e com a participação da sociedade civil, a partir do Comitê de acompanhamento do mesmo.

Após a cerimônia de lançamento do Programa haverá uma mesa de discussão com o tema: Da Indiferença e descaso à indignação e ações de enfrentamento - As diversas faces da violência contra travestis, homens e mulheres trans. O tema será debatido com participação de:

Rafaela Vasconcelos - (Pesquisadora doNUh/UFMG)
 Sgt. Sílvia Adriana Silva - (Polícia Militar de Minas Gerais)
Brenda Prado -
(Representante do Segmento Mulheres Trans e travestis)
Raul Capistrano -
(Representante do Segmento de Homens Trans)

Data: Quinta-feira, 29 de janeiro
Horário: 09 horas no Teatro Marília, Rua Alfredo Balena, 586
, BH/MGMaiores informações:
CRGLBT - Rua Espírito Santo, 505 - 12º andar - Centro. Belo Horizonte.
Tel.: (31) 3277- 4128/4227 - E-mail: crlgbtbh@pbh.gov.br.




II Seminário Internacional Desfazendo Gênero

 04 a 07 de setembro de 2015 - UFBA





 LINK para inscrição: www.pbh.gov.br/direitosdecidadania



Exposição da escola CIAC Lucas Monteiro Machado -  "Alinhando conceitos e tecendo ideias"- Professora Juliana (Artes) e professor Bruno (História) -

O projeto foi premiado no evento VI Socializando Práticas Educativas promovido pelo Museu de Artes e Ofícios (MAO) no dia 04 de novembro. As atividades realizadas estão inseridas no Percurso Museológico História de Mulheres: vozes e silêncios coordenado pelo Núcleo de Gênero e Diversidade Sexual (SMED/PBH).

A exposição dos trabalhos produzidos pelos estudantes está aberta à visitação pública no mezanino do MAO durante todo o mês de novembro. Vale conferir!

















SMED INFORMA AGOSTO







O Núcleo de Gênero e Diversidade Sexual/NUGDS da Secretaria Municipal de Educação foi um dos premiados na cerimônia de entrega do X Prêmio de Direitos Humanos e Cidadania LGBT de Belo Horizonte.












O "2º Ciclo Transgressões no Museu: diversidade, trabalho e inclusão social" foi noticiado no Periódico SMED informa da Secretaria Municipal de Educação de Belo Horizonte:












 Travestis e Transexuais de posse do cartão SUS com o Nome Social
 Confecção do cartão do SUS com Nome Social
Mesa de Debates com Poder Público e Movimento Social LGBT












CONFIRA AS FOTOS DO EVENTO NO BLOG: gpfem.blogspot.com.br